QuartaHQ #02 – Busker, escrito e desenhado por Ryan Smallman

QuartaHQ #02 – Busker, escrito e desenhado por Ryan Smallman

Entre muitas pessoas que encontrei durante a CCXP18, uma delas foi o Ryan Smallman, meu irmão. Fomos separados quando criança. E hoje ele está trabalhando no Omelete e escrevendo quadrinhos.

Lembro como se fosse hoje. Eu tinha 4 anos e Ryan era recém nascido, estávamos todos em casa e então a HIDRA a invadiu e levou o Ryan, e nos ameaçaram caso fizéssemos algum tipo de denúncia.

Décadas depois, soube que ele foi levado para os EUA para trabalhar em um projeto de design da nova HIDRA. Quando ainda era um feto, ele desenhava no útero, era um fenômeno aleatório que acontecia a cada 100 anos.

Alguém da HIDRA ficou sabendo e monitorou toda a gestação e assim que ele nasceu o levaram. Felizmente a SHIELD conseguiu resgatá-lo, mas o manteve em segredo por medo de uma nova investida. Cansado sob os olhos da SHIELD, Ryan se arrisca no mundo, vivendo de seu talento único. Até hoje ele não sofreu nenhum tipo de ataque, mas existe uma teoria conspiratória que o Forlani e outros membros do Omelete são infiltrados da SHIELD para proteger Ryan. Inclusive, sua esposa também pode ser uma agente, mas foi exonerada por se apaixonar por ele.

Ryan e Guilherme durante a CCXP18

Fiquei muito feliz de encontrá-lo muitos anos depois, feliz pelo momento que ele está vivendo, pelo seu sucesso, por estar seguindo seu sonho. Após essa revelação eu não sei o que pode acontecer comigo, então eu te peço Ryan, ano que vem leve mais prints, queria comprar o que você fez do Stan Lee mas já tinha acabado.

Brincadeiras à parte, acompanho o trabalho do Ryan desde que ele entrou para a equipe do Omelete. É um baita artista, diga-se de passagem. Foi atencioso, simpático, um cara muito gente boa. A Beatriz também, os dois tem uma ótima sinergia, foi legal de ver essa parceria (tem um easter egg da Bia na HQ). Conversamos sobre a HQ, sobre seu trabalho, e torço para que venha muitas outras HQs.

Falando sobre a HQ agora, Busker conta a história de Clay, que tenta viver da sua música, tocando na rua e onde mais surgir a oportunidade. Seguindo seu sonho, enfrenta as dificuldades de viver disso. Com o passar da história vemos pessoas que o encorajam, outras falam para ele largar, a dificuldade de escrever sua própria música e a busca por inspiração, o acaso que dificulta ainda mais sua trajetória, mas nunca sabemos quando o mesmo acaso que pode nos prejudicar, pode nos ajudar.

 Busker, escrito e desenhado por Ryan Smallman

Vivemos num mundo difícil, poucas pessoas conseguem viver do que sonham fazer, e a circunstancias muitas vezes colaboram para isso. Busker se trata da busca (perdão pelo trocadilho) pelo seu sonho, persistir nele.

Outra coisa interessante do personagem é que em alguns momentos em que está tocando ele fecha os olhos e se imagina num grande show para várias pessoas. Quantas vezes não sonhamos com isso? Um jogador de várzea jogando a Liga dos Campões, um garoto no kart se imaginando na Fórmula 1, um engenheiro criando melhorias para a vida das pessoas.

A arte da HQ é linda, o traço é muito bem feito, e digo que só pela arte já valeria comprá-la.
A música que está na HQ existe mesmo. Vocês podem ouvi-lá no link ryansmallman.com/busker.

Ryan vendeu todos os seus prints e muitas HQs, conversando com ele no domingo ele disse que foi melhor do que esperava. Ficamos muito felizes quando escutamos isso de um artista nacional na CCXP.

Parabéns pela sua primeira HQ, Ryan, que venham muitas outras e muitos trabalhos. Precisamos marcar um teste de DNA também.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *