Os Fabulous Five estão de volta, na Netflix, em mais uma temporada de Queer Eye, para nos fazer rir e encher nosso coração de uma transformação que vai muito além de uma mudança.

A terceira temporada de Queer Eye

Para quem ainda não conhece, Queer Eye é um programa de transformação. Cada episódio é um escolhido um participante diferente que irá passar de uma transformação em relação à aparência, estilo, gastronomia, design, estilo e cultura.

Cada um do Fabulous Five é responsável por uma área e ajudar o participante. Podemos ver em cada episódio como se eles envolvem com as pessoas e como algumas histórias mexem com eles.

QUEER EYE

A terceira temporada se tornou a minha favorita. As histórias fizeram com que eu me emocionasse e sentisse a história de cada participante, fazendo com que eu sentisse a alegria junto com eles.

Como a própria série fala, o programa é “more than a makeover”, ou seja, é muito mais que uma transformação. Não é só a aparência que é transformada, é muito mais do que isso. Eles lidam com questões íntimas, seus próprios preconceitos e o preconceito da sociedade.

Há vários tipos de participantes, desde a mulher branca que usa as roupas do marido (tudo camuflado) e ama caçar, até o pai solteiro que vive no passado, a garota negra lésbica que foi rejeitada pela família adotiva.

São histórias muito diferentes entre si, mas igualmente emocionantes e que faz você repensar em alguns aspectos da sua própria vida.

E é claro, faz você querer ter a intervenção divina do Fabulous Five em sua vida.

Por favor, se vieram para o Brasil, alguém me indica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *